NOTÍCIAS


23 de Setembro de 2016

All Park deve gerar 2 mil empregos diretos em Aparecida de Goiânia

Cerca de 2 mil empregos diretos deverão ser gerados com a ocupação plena do primeiro condomínio fechado para empresas, galpões e industrias do Centro-Oeste.

Trata-se do All Park Polo Empresarial, que será entregue amanhã, ás 16:30, em aparecida de Goiânia, durante o evento com a Orquestra sinfônica Jovem de Goiás. Concebido pela Innovar Urbanismo, o empreendimento dispõe de 180 lotes e chega ao mercado com 50% de suas unidades já comercializadas. O sucesso da iniciativa atraiu o interesse até mesmo de empresas de outros Estados, como a Nipponflex, do ramo de colchões, oriunda do Paraná e que deve iniciar suas operações no condômino até o final do ano.

“Apesar da crise, nossas vendas têm alcançado bons resultados e estamos otimistas para os próximos meses”, informa o gerente da filial Goiânia, gentil Junior. Segundo ele, a operação da Nipponflex pelo All Park se deu em virtude de benefícios como espaço físico generoso e a segurança reforçada.
 
Outra empresa que também optou pelas facilidades do condomínio é o Instituto de Fosfato Biológico, do ramo de biotecnologia, cujo início da operação está previsto para os próximos meses. “Acreditamos que neste espaço vamos dispor de toda a infraestrutura necessária para o nosso negócio”, afirma o diretor administrativo e financeiro Tiago Parrode.
 
Situado na Região Leste de Aparecida de Goiânia, o All Park dispõe de localização estratégica, pois é próximo a BR-153, ao Aeroporto Executivo Antares e ao Campus da Universidade Federal de Goiás de Aparecida de Goiânia.
Com área total de 600 mil m² o condomínio possui lotes que variam de 1000 m² a 8840 m².
 
O empreendimento dispõe de segurança 24 horas, vias largas para transito e manobras de veículos de cargas, heliponto, pátio de carga e descarga, balança para pesagem de caminhões, sistema de Facilities (mix de conveniência, praça de alimentação, clube de compras, sala de treinamento, posto bancário, correios) e estacionamento para carros, motos e caminhões. 

Fonte: Por Regyane Vasconcelos – Diário do Estado